Blog

Como o sono do meu filho influencia no aproveitamento escolar?

por 22 de junho de 2017 Não há comentários

Colocar as crianças para dormir nem sempre é tarefa fácil. Elas têm tanta energia que não querem saber de ir para a cama cedo. Apesar de muitas vezes ser uma batalha, é muito importante que crianças durmam a quantidade de horas necessárias para que alcancem um bom rendimento escolar e para ter um bom aproveitamento na escola. 

Para obter melhores notas na escola, além de estudar são necessárias noites bem dormidas.

O sono e o bom rendimento escolar

A crianças em torno de 8 anos já não fazem mais a soneca da tarde. Então, o tempo de sono à noite deve ser de 10 a 11 horas.

Para as crianças, dormir bastante não é sinal de preguiça, mas a garantia de um desenvolvimento tranquilo, livre de consequências geradas pela falta de sono. É preciso criar hábitos e rotinas para o horário de sono.

Quando não dorme tempo suficiente, a criança fica agitada e irritada. Na escola apresenta comportamento hiperativo, o que afeta o bom rendimento escolar e o bom aproveitamento do aprendizado. Até mesmo das brincadeiras e jogos com os colegas ela não vai querer participar.

Um estudo feito com crianças na fase inicial do Ensino Fundamental apontou que crianças com maus hábitos para dormir, que dormem tarde e no máximo 8 horas de sono por noite, apresentam dificuldade no aprendizado da língua, gramática e escrita, comprometendo a compreensão oral e escrita.

Atividades que afetam o sono e o bom aproveitamento na escola

O ideal é que as atividades extras realizadas pelas crianças em idade escolar sejam feitas longe do horário de dormir. Tudo para que a criança não fique agitada por conta da prática de atividades esportivas e leve menos tempo para relaxar e pegar no sono.

A última refeição também não deve ser feita muito próxima ao horário de dormir mas, no mínimo, duas horas antes. Estômago cheio dificulta o sono.

Noite mal dormida afeta diretamente o bom aproveitamento na escola. Criança com sono não assimila o aprendizado. É muito importante que os pais auxiliem, estabelecendo rotinas que facilitem uma noite de sono tranquila e, consequentemente, um bom dia na escola.

Jogos eletrônicos x melhores notas na escola

Jogos eletrônicos, computador e TV são vilões que atrapalham muito o horário de dormir das crianças. Deixar de lado horas de sono para ficar assistindo a filmes, acessando sites na internet, conversando nos chats ou tentando passar as fases de um jogo no videogame, pode não apresentar consequências imediatas, mas existe o risco de se tornar um hábito. Isso, então, afeta a saúde e o desempenho escolar da criança, fazendo com que ela deixe de obter melhores notas na escola.

Uma hora antes de ir dormir, a criança deve ser afastada da TV, computador, smartphone e similares. Quanto mais estímulo luminoso, mais difícil será a liberação de um hormônio chamado melatonina, que garante a qualidade do sono. Esse hormônio precisa da ausência de luz para ser liberado e, assim, afetar o descanso.

Pesadelos x qualidade do sono

Filmes muito agitados e violentos deixam a criança ansiosa e alerta. Atividades estressantes podem desencadear pesadelos, e acordar assustada faz com que a criança perca o sono e a qualidade de uma noite bem dormida.

Crianças precisam de rotina e disciplina para ter um bom ritmo biológico, crescer saudáveis e ter boas notas na escola. E isso inclui as horas de sono. Cabe aos pais administrarem a rotina e impor limites.

Levar a criança para o quarto, contar histórias, ler um livro, além de serem excelentes maneiras de passar um tempo juntos, ajudarão a criança a relaxar e pegar no sono. Com noites tranquilas com certeza ela terá as melhores notas na escola.

Seu filho tem dificuldade para dormir? Comente aqui e se este texto foi útil para você, compartilhe-o!