Blog

Educação infantil: Por que é tão difícil aprender a dividir?

por 13 de setembro de 2017 Não há comentários

A educação infantil é um excelente aliado das mães na socialização das crianças. Mas o ato de ensinar a dividir já deve começar em casa.

Desde o nascimento, a criança se habitua a receber tudo para si. Toda atenção e cuidados da mãe e do resto da família estão voltados para ela. À medida que começa a interagir com outras crianças, esse pensamento de que tudo é seu pode gerar conflitos em seu comportamento.

Chega um momento em que ela precisa aprender a dividir seus brinquedos com outras crianças.Muitas vezes isso acontece quando ela começa a frequentar a escola .

Equilíbrio: A chave da educação infantil

Nos dois pontos de vista existem linhas extremistas. Algumas apontam que as crianças não devem dividir somente por obrigação, enquanto outras já ensinam que tudo deve ser dividido e de imediato.

O equilíbrio deve mover o comportamento. É importante passar isso para os filhos. Explique que dividir os brinquedos é uma forma simpática e amigável de se relacionar e de também obter o que se quer. Porém, nada deve ser forçado ou imposto. Permita que a criança perceba por si mesma que dividir é legal e gostoso porque ela também pode usufruir do que o amiguinho tem.

Quantas mães passam por situações em que seu filho está brincando com o filho de uma amiga e acontece a maior briga e choradeira porque ele não quer dividir o brinquedo? Apesar de constrangedor, isso é muito comum e as mães devem saber como controlar essa situação.

Você não deve simplesmente obrigar seu filho a ceder toda vez que outra criança chora e quer tirar o brinquedo das mãos dele, mas sim estimulá-lo ao entendimento de que ele deve ceder e dividir, tendo também o direito de brincar por mais tempo com aquilo que é seu. O que ele precisa aprender é que tudo pode e deve ser negociado. Essa é uma lição para a vida!

Como trabalhar o comportamento das crianças

Existem algumas maneiras bem práticas de estimular a criança a dividir:

  • Conscientizar por meio de uma historinha que trate de compartilhamento;

  • Ensinar e estimular o uso das palavrinhas mágicas: por favor, muito obrigado, emprestar, devolver, nosso;

  • Ser exemplo por meio de suas atitudes:

  • Mostrar que é necessário dividir pessoas também. Explique que há outras demandas que exigem sua atenção e não somente ele;

  • Ensinar o momento de dizer “não” para que ele não cresça sendo permissivo;

  • Chamar a atenção em separado e não na frente dos amigos para não constrangê-lo;

  • Procurar sempre dialogar em vez de dar broncas;

  • Elogiar atitudes positivas. Isso faz com que ele comece a se conscientizar de como deve se comportar.

A importância da escola de educação infantil

Na escola de educação infantil, por meio de atividades lúdicas, a criança aprende a se relacionar, tanto com outras crianças, quanto com adultos que não sejam da sua família.

O “dia do brinquedo” estabelecido na grande maioria das escolas é uma ótima maneira de ensinar as crianças a dividir. Com isso, as crianças aprendem a emprestar seu brinquedo para os amiguinhos e percebem como é bom poder brincar com um brinquedo diferente do seu.

A sociabilização e o aprendizado recebido na escola acerca da importância de compartilhar e de como fazê-lo de forma correta, aliados aos ensinamentos fornecidos pelos pais em casa, farão parte da formação do caráter para toda a vida.

Toda mãe em algum momento já passou por essa fase com seu filho. Comente como você lidou com isso e se gostou desse nosso artigo sobre educação infantil, compartilhe-o.