Blog

Filho adolescente? A escola é o melhor lugar pra ele crescer

por 17 de outubro de 2017 Não há comentários

Quem tem filho adolescente sabe que essa é uma fase fantástica, mas que também pode ser dramática, dependendo das personalidades dos envolvidos na relação. Por ser o período em que vemos nossas crianças alçarem voo e saírem do ninho, muitas vezes nos sentimos sem saber como agir diante das ações, reações e descobertas de nossos filhos.

Essa é uma fase em que o contato com os semelhantes – em idade e tipos de comportamentos – tende a parecer mais agradável do que com os pais. Nesse contexto, a escola se torna um ambiente mais confortável para o desenvolvimento do que a própria casa do adolescente. É por isso que pais e escola precisam estar unidos. educando os adolescentes em parceria.

Como garantir seu lugar ao lado do filho adolescente

Entender um filho adolescente não é tarefa fácil. São muitas as questões que envolvem essa fase. O corpo muda, os valores se estabelecem, o código de ética próprio é desenvolvido, e o jovem procura segurança e identidade.

Ao mesmo tempo em que ele quer conquistar sua autonomia e liberdade, precisa sentir segurança para tomar decisões, administrar conflitos internos e externos e seguir em frente. E você precisa estar preparado para atravessar essa etapa complexa ao lado de seu filho, junto com a escola que ele frequenta.

Paciência e esforço são as duas palavras-chave para entender um filho adolescente. Primeiro, é necessário ter consciência de que ele está passando por mudanças psicológicas que são repentinas e vêm acompanhadas de pressão da família e dos colegas. Isso pode torná-lo agressivo e rebelde algumas vezes. Porém, existem maneiras de os pais permanecerem ao lado do adolescente, ajudando-o a conviver com tudo isso.

A empatia ajuda a compreender o filho adolescente. Afinal, você já passou por essa fase. Procure se lembrar dos conflitos que você viveu e como foram trabalhados. Coloque-se no lugar de seu filho para poder entender o que ele está passando, conte a ele que você se lembra de algumas situações que passou e relate como se saiu. Isso vai fazer com que ele entenda que vocês são parceiros.

Mostre-se disposto e disponível

Um ponto importante: volte aos sentimentos e anseios que você teve, mas procure contextualizá-los, sempre lembrando que os tempos são outros. Muitas mudanças aconteceram no mundo e, principalmente, na forma de interação pessoal devido ao desenvolvimento acelerado da tecnologia.

Tentar dominar o filho adolescente pode não ser a forma mais eficaz. É importante mostrar-se disposto e disponível para que ele se sinta confortável e seguro para compartilhar suas dúvidas, expor seus pontos de vista e encontrar seu código de ética próprio, com o seu apoio.

Outro fator determinante para o filho adolescente é ser aceito no meio social em que está inserido. A forma como ele é visto por aqueles que estão próximos – e principalmente pelos colegas da escola – é muito importante.

Neste ponto, a escola tem um papel fundamental. É ali que o adolescente passa a maior parte do seu tempo, forma seu círculo de amizades, faz muitas descobertas e se impõe como parte de um grupo que vai muito além da família.

O papel da escola entre os adolescentes

Segundo o Portal Terra, “a escola para o jovem é um território que acolhe tudo e onde eles se sentem à vontade para exercitar suas vivências e convivências. É nesse território em que se dão encontros e relações, que o jovem questiona valores e começa a construir seu projeto de vida.”

Na maioria das vezes, é na escola que são levantados os principais questionamentos do adolescente: quem ele é, qual profissão pretende seguir, qual o seu futuro e como ele deve se preparar. No ensino médio, mais especificamente, a escola motiva o seu filho adolescente a fazer essas perguntas e buscar respostas.

Na escola, o professor, em muitos casos, passa a ser o transmissor de novos valores, os quais são comparados aos trazidos de casa. Já os colegas passam a ser a referência de conduta e comportamento. E, assim, a escola se torna um espaço de referência para a construção da vida futura.

Cidadão do futuro

A família continua sendo, também, referência e porto seguro. Mas é necessário que esteja envolvida e acompanhando todos os movimentos, mesmo que seja “nos bastidores”. Os pais devem estar disponíveis para ajudar o filho a compreender o estágio que ele está atravessando.

É na escola que o adolescente, com o acompanhamento dos pais e motivado por eles, aprende a ser independente, aumenta seu conhecimento, negocia, cede, persevera, discute e deve respeitar os colegas e professores. Ali, ele aprende a se colocar diante das situações, a exercer a solidariedade e, ao mesmo tempo, a fazer valer seus direitos e deveres. É na escola, que ele pratica a responsabilidade aprendida e tem a chance de se tornar um cidadão do futuro.

Pais e escola educando adolescentes

Por tudo isso, conclui-se que a escola ainda é o melhor lugar para o adolescente estar e se desenvolver. Cabe aos pais acompanhar as atividades propostas pela escola e estimular o filho adolescente a participar de todas elas.

Manter os jovens ocupados com atividades saudáveis colabora para evitar pensamentos e comportamentos negativos e desvios de conduta.

A partir do momento em que os pais passam a participar de forma ativa do cotidiano escolar, a tendência é o filho também se esforçar e participar mais, à medida que se sente apoiado e fortalecido. O resultado disso tudo é uma melhora significativa no rendimento escolar e no modo como o adolescente se sente preparado para os desafios.

Impactos positivos

Família e escola trabalhando em parceria proporcionam impactos positivos na vida e formação do adolescente e traz vida à escola. A participação dos pais em reuniões, apresentações de trabalho, eventos, voluntariado e festas demonstra ao adolescente que ele tem o suporte dessas duas bases importantes para se desenvolver.

A união entre pais e escola ajuda a estimular a realização de atividades enriquecedoras oferecidas pela instituição, seja em relação a projetos atraentes para o jovem e que envolvam atividades que ele gosta de realizar ou por meio de jogos e desafios tecnológicos, elaboração de mostras de arte e até mesmo festas e acampamentos organizados pela escola. Veja um pouco das atividades que fazemos na escola para estimular esse contato.

O importante é que o jovem perceba que tudo que ele precisa para enfrentar os desafios da adolescência está ao alcance dele e que a família se sinta parte da escola. Fale com nossa diretora E conheça a proposta pedagógica do colégio Tableau Taubaté  ou agende uma vista clicando aqui.