Blog

Vestibulares com provas práticas, prepare-se!

por 24 de outubro de 2017 Não há comentários

A principal preocupação dos estudantes do Ensino Médio é a preparação para as provas dos vestibulares. Se antes havia a preocupação em estudar para provas teóricas, de múltipla escolha e de questões abertas, atualmente é preciso entender inclusive os novos formatos das provas. Alguns vestibulares 2018 têm cobrado provas práticas também.

Por esse motivo, o aluno precisa ficar mais atento à preparação para não ser pego de surpresa. Quer saber como são os vestibulares com provas práticas e como estudar para eles? Acompanhe nosso post de hoje!

Como são as provas de vestibular atualmente?

Muitas instituições de Ensino Superior trocaram suas provas objetivas de vestibular pelo ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio. No ENEM, o aluno deve realizar 4 provas objetivas, com 45 questões cada, que abordam:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias;
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias;
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias;
  • Matemática e suas Tecnologias.

Além da prova objetiva, os alunos são submetidos também a uma redação, que tem como assunto uma situação-problema (política, cultural ou social), para a qual deve ser dada uma proposta de solução..

Outras instituições não adotam o ENEM e possuem suas próprias provas. As universidades públicas costumam adotar duas etapas: prova objetiva e prova dissertativa.

Vestibulares com provas práticas

As provas de habilidades específicas ou provas práticas são exigências de alguns cursos superiores. Elas acontecem quando a graduação é voltada para temas que não fazem parte da grade obrigatória de matérias do Ensino Médio. Em geral, são habilidades que não são todos que possuem.

Por isso, os vestibulares com provas práticas são necessários para avaliar se o aluno terá capacidade de desenvolver os conhecimentos ofertados pelo curso superior. Eles são muito comuns nos cursos de Música, Dança, Artes Visuais, Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Desenho Industrial, entre outros.

Todavia, uma nova tendência apareceu nos últimos anos no Brasil e será adotada nos vestibulares em 2018. Algumas universidades realizarão etapas práticas com dinâmicas de grupo, desenvolvimento de projetos e entrevistas, para avaliar outras habilidades do aluno, como comunicação, empatia, ética, pensamento crítico, liderança, motivação, crítica, etc.

Alguns vestibulares 2018 com provas práticas

Essa nova tendência dos vestibulares 2018 tem tudo para perdurar. A avaliação de habilidades que ultrapassam o conhecimento teórico do aluno demonstra uma necessidade do mercado de trabalho. O aluno que possui uma preparação para os vestibulares com provas práticas certamente sairá na frente e aproveitará melhor o curso.

Um bom exemplo é a Faculdade Israelita de Ciências da Saúde Albert Einstein (São Paulo), cuja segunda etapa do vestibular é composta por minientrevistas. O objetivo delas é avaliar as competências socioemocionais, como trabalho em equipe, ética, liderança, comunicação, empatia e outros. São requisitos desejáveis ao futuro profissional da saúde que não são avaliados em provas teóricas.

No mesmo sentido, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (Bahiana) adota o chamado “Processo Seletivo Formativo”. Nessa etapa de atividades vivenciais, são utilizados metodologias e procedimentos ativos, desafiantes, reflexivos e estimuladores, que preparam os estudantes para o que encontrarão no curso. Por fim, os vestibulandos são submetidos a dinâmicas – atividades de integração e de socialização, que evidenciam as habilidades interpessoais e a capacidade reflexiva e crítica.

Com a mesma ideia, o Insper (São Paulo) instituiu vestibulares com provas práticas por meio de desenvolvimento de projetos e dinâmicas para os cursos de Engenharia da Computação, Engenharia Mecatrônica e Engenharia Mecânica. Os vestibulandos recebem um problema para resolver e devem desenvolver um protótipo de projeto com os materiais à disposição.

Como se preparar para a prova prática?

O aluno que se submeterá aos vestibulares com provas práticas deve se preparar durante todo o Ensino Médio. Mas como fazer isso? O primeiro passo é o interesse próprio, a consciência de que, como nas provas teóricas, essas dinâmicas e entrevistas possuem conhecimentos que podem ser aprendidos.

Em seguida, é preciso avaliar a instituição em que se encontra. A escola e os professores devem estar adequados a esses desafios que desenvolvem as habilidades socioemocionais do vestibulando. Atividades extras e aulas práticas são o mínimo que a escola precisa oferecer. Acima de tudo, o aluno deve avaliar se essas práticas conseguirão estimular sua criatividade no quesito solução de problemas, já que os desafios virão na hora da prova.

Em suma, muito além de oferecer um conteúdo de alto nível, a instituição deve potencializar as capacidades inatas dos adolescentes e contribuir para o desenvolvimento de habilidades que ainda não são familiares ao aluno. Palestras, dinâmicas de integração, autoconhecimento, debates e orientação profissional são bons recursos. Tudo isso pensando nas provas práticas dos vestibulares 2018!

O aluno de Ensino Médio deve se preparar de forma completa para os vestibulares em 2018. Para tanto, é preciso saber como são os vestibulares com provas práticas, em especial aquelas que incluem uma etapa de habilidade específica.

Quer ficar pronto para as provas práticas? Nossos professores prepararam um vídeo cheio de dicas para você!