Blog

Incentive a leitura com uma rotina especial para cada idade

por 20 de abril de 2021 Não há comentários

Livros são uma janela aberta para a imaginação. E essa mágica começa antes mesmo de a criança aprender a ler, com os pequenos tendo uma rotina de leitura e já se acostumando com o formato do livro, entendendo que ele tem figuras que contam histórias.

Além disso, o hábito de ler pode ser muito prazeroso se feito em família, possibilitando o fortalecimento da conexão entre a criança e quem lê para ela, estimulando a curiosidade e a imaginação.

E não para por aí! São muitos os benefícios proporcionados por uma rotina de leitura. Veja alguns deles:

  • Ajuda a desenvolver atenção, memória, concentração, raciocínio e vocabulário;
  • Melhora a percepção de sentimentos e emoções, e ajuda a criança a lidar com eles;
  • Abre espaço para o desenvolvimento da empatia;
  • Ameniza problemas comportamentais, como a agressividade.

Quando os livros podem entrar no universo infantil

Não é exagero dizer que os livros devem fazer parte do universo infantil desde a gestação. Lembra que falamos sobre o fortalecimento da conexão entre a criança e quem lê para ela?

Essa é uma das mágicas proporcionadas pela leitura durante a gestação, período em que o bebê pode ouvir e sentir as emoções da mãe.

É também uma boa oportunidade de ela já começar a se acostumar com o som da voz do pai e de quem faz parte da vida dela. Ou seja, ler para uma criança desde o ventre não é apenas funcional, mas é lindo também!

Como promover uma leitura adequada para cada fase

Muitos pais relatam que o filho não gosta de ler, embora já tenham tentado de tudo para incentivar a prática.

Por isso, vamos começar dizendo que o excesso de exposição ao uso de telas, especialmente nos dias atuais, pode ser a chave para entender essa questão.

As crianças aprendem desde muito cedo a usar com desenvoltura um celular ou tablet, ferramentas que oferecem uma forma divertida de apresentar informações, com cores e sons em movimento.

Quando elas se acostumam com esses recursos, a “migração” para a leitura pode se tornar chata e desinteressante.

E se levarmos em conta que para um grande número de crianças a leitura é apresentada ou se torna mais frequente em idade escolar, já podemos entender que ela passa a ser vista como uma obrigação ligada à escola, fazendo com que os livros percam o encanto.

Agora que já entendemos como identificar algumas das causas que podem dificultar a leitura para as crianças, veja algumas dicas para tornar prazeroso o momento da leitura de acordo com a idade da criança.

Entre 0 e 1 ano:

  • Explore texturas, com livros de borracha, plástico ou tecido. Bebês amam usar o tato para conhecer as coisas;
  • Vire as páginas ou ajude o bebê a virá-las de acordo com o interesse dele;
  • Aponte figuras que estão no livro, dizendo o nome em voz alta, e represente-as com gestos;
  • Preste muita atenção no bebê durante a leitura, imitando os sons que ele faz e seguindo os sinais que ele te dá para ler mais, repetir ou parar a leitura.

Entre 1 e 2 anos:

  • É hora de deixar a criança escolher o livro que vai ler junto com você;
  • A criança já reconhece tons de voz e expressões diferentes, abuse deles para representar os personagens da história e peça que a criança imite os sons de animais que você fizer;
  • Incentive a fala, fazendo perguntas que a criança possa responder apontando e falando. Sorria e reaja positivamente a isso;
  • Nomeie as ações e as emoções que vão surgindo durante a história.

Entre 2 e 4 anos:

  1. Busque livros que apresentem ações que as crianças já entendem como não sendo comuns no cotidiano, como a história da Branca de Neve e o Lobo Mau;
  2. Também mostre coisas que acontecem na vida real e que aparecem nas histórias dos livros;
  3. Dê espaço e incentive a criança a fazer comentários sobre alguma palavra ou imagem, demonstrando interesse e interagindo com o que ela disser;
  4. Incentive a criança a contar, do jeitinho dela, sua história favorita.

Entre 4 e 6 anos:

  1. Mostre que você está lendo as palavras no livro e leia a história do jeito que ela foi escrita, sem alterar palavras diferentes ou estranhas ao vocabulário da criança;
  2. Siga a leitura com o dedo, para a criança acompanhar e reconhecer as palavras;
  3. Converse com ela sobre o assunto do livro.

Ter uma rotina de leitura é excelente para o desenvolvimento da criança e pode ser uma ótima forma de fortalecer vínculos com a família e com o que é importante no mundo.

Aproveite essa importante ferramenta e tenham, juntos, uma boa leitura!

Veja também: 5 dicas para estimular a criatividade do seu filho

Deixe seu comentário